29.2.08

"Cause, I built a home"


Photobucket


Ao ouvir último albúm de The Cinematic Orchestra (Ma Fleur) pela primeira vez surpreendeu logo na primeira música em que me pareceu uma música de um Songwriter. Pronto "The Cinematic Orchestra" com a colaboração do vocalista de ColdPlay tinha lógica, Britânicos uma experiência à The Cinematic Orchestra, mais uma vez enganado era Patrick Watson. Patrick Watson foi já diversas vezes comparado a Jeff Buckley e Rufus Wainwright devido ao seu timbre de voz. Com " To Build a Home" os The cinematic Orchestra conseguem harmonia e uma atmosfera que só com um piano se consegue atingir. Como o Grande músico Britânico uma vez referiu " O piano eterniza uma música", Sir David Bowie.


27.2.08

"Oh, we're sinking like stones"

Photobucket




Pelos 10 anos que ColdPlay fazem neste mês, uma Homenagem.
Para min a última "grande" banda. Com a evolução da industria musical, a internet as grandes bandas deixarão de existir. ColdPlay será das últimas bandas arrastar multidões para concertos.
Como digo algumas vezes Coldplay serão os futuros U2.

23.2.08

So maybe tomorrow _ I'll find my way


Photobucket


O Trio do país de Gales tem-se vindo afirmar na Britpop, com faixas como "Maybe Tomorrow" estão no bom Caminho.
Ao fim de um dia de Trabalho com esta imagem e esta faixa é mesmo para descontrair...

19.2.08

Something I noticed when the light was just right_It reminded me twice that I was alive

Photobucket

Os californianos Incubus mesmo sendo uma original banda de funk-metal, conseguem assim registos calmos dignos de um songwriter, "echo" é um exemplo disso.
Uma faixa com uma letra muito boa, e uma melodia que nos guia para reflexão.

17.2.08

"I'll swallow poison, until I grow immune"

Photobucket



Das melhores músicas de Pearl Jam, com um toque duro a Blues tanto no instrumental como na letra.

14.2.08

Let Love Rule

Photobucket


Lenny Kravitz consegue com esta faixa de 1989, criar um ambiente blues, misturado com Gospel, com um cheiro a Jazz-funk.

10.2.08

It's in our hands_It always was

Photobucket

Com Björk percebemos a evolução, do mundo, do meio que nos rodeia, de Nós próprios.
Com uma Carreira repleta de mudanças e futurismos, Björk esteve sempre á frente do seu tempo.

O experimentalismo e sensibilidade de Björk transpõe-se tanto na sua música que nos transporta e envolve na sua atmosfera.
Não é para todos, só para os verdadeiros génios.




Björk - It's in our hands

3.2.08

"There are things we can't control but_Will we give ourselves a fright"

Photobucket


O primeiro álbum dos Clap Your Hands Say Yeah foi editado em 2005 em nome próprio, um album com uma melodia e sonoridade envolvente em todas as músicas. O sucesso da banda é devido, em grande parte, à Internet. O volume de encomendas começou, a partir de determinada altura, a surpreender os membros da banda. No fim de 2005, a banda assinou contrato com a editora britânica.