7.9.08

"take me anywhere, I don't care"

Photobucket



Formados em 1982 The Smiths percorreram a década de 80 com vários êxitos que ficam na memória da música e de todos os que gostam de uma boa melodia. The Smiths são considerados por muitos como a banda mais importante do Reino Unido dos anos 80.
Em 1987 a banda desmembra-se por desentendimentos entre Morrissey (vocalista) e Johnny Marr (guitarrista) dois artistas brilhantes que juntos criaram momentos que marcaram a história da música. Com Morrissey nas letras/voz e Johnny Marr nos arranjos musicais e guitarra os The Smiths conseguiram criar noções de melodia e musicalidade únicas. Que influenciaram e continuam a influenciar bandas e músicos até aos dias de hoje.
Depois dos The Smiths, Morrissey começou a sua carreira a solo, enquanto Marr esteve com os Pretenders, The The e Electronic, e participou em albúns de artistas tão distintos como Bryan Ferry, Talking Heads, Pet Shop Boys, Stex e Banderas.



Fica também o VideoClip "There Is a Light That Never Goes Out", digno de relevo pelo trabalho com a opacidade entre imagens, a ter em conta para 1986:





2 comentários:

Martini disse...

Cá na minha visão também acho que os Smiths são uma das bandas mais importantes dos anos 80. Mas penso que não seja muito consensual. Mas neste meio mais indie é com certeza.
Gosto muito deles e hoje em dia ainda ouço de quando em vez:)
Boa escolha!

Filipa Epifânio disse...

80's rullam :D
Ainda hoje fazem parte da minha discografia...